DIVULGUEM, SIGAM O BLOG E NÃO ESQUEÇAM DE QUANDO CHEGAREM AO FINAL DA PÁGINA CLICAR EM: "POSTAGENS MAIS ANTIGAS."

JMJ Rio2013

JMJ Rio2013

sábado, 28 de junho de 2014

Arraial Nossa Senhora de Fátima - Junho/2014

Será realizado neste próximo Sábado, dia 28 de Junho de 2014, as 20h, o ARRAIAL DA NOSSA SENHORA DE FÁTIMA. 
A Juventude de nossa Comunidade não poderia deixar passar as festividades de Santo Antonio, São Luiz Gonzaga, São João Batista, São Pedro e São Paulo.
Venha se divertir, dançar, comer, e confraternização com Jesus Cristo.

Local: Salão Paroquial.
Valor: ENTRADA FRANCA. No local teremos venda de Salgados Típicos e Bebida.
Horário: 20h

sábado, 17 de maio de 2014

Aparições de Nossa Senhora de Fátima - Parte 6

2ª Aparição de Nossa Senhora - 13 de Junho de 1917
Aí pelas 11 horas saí de casa, passei por casa de meus tios onde a Jacinta e o Francisco me esperavam e lá vamos para a Cova da Iria à espera do momento desejado... Depois de rezar o terço com a Jacinta e Francisco e mais pessoas que estavam presente (conforme contou o Sr. Inácio António Marques, assistiram 40 pessoas!), vimos de novo o reflexo da luz que se aproximava (a que chamávamos relâmpago) e em seguida Nossa Senhora sobre a carrasqueira, em tudo igual a Maio.
- Vossemecê que me quer? Perguntei.
- Quero que venhais aqui no dia 13 do mês que vem, que rezeis o terço todos os dias e que aprenderam a ler. Depois direi o que quero.
- Pedi a cura de um doente.
- Se, se converter, curar-se-á durante o ano.
- Queria Pedir-lhe para nos levar para o Céu.
- Sim, a Jacinta e o Francisco levo-os em breve, mas tu ficas cá mais algum tempo. Jesus quer servir-Se de ti para me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção ao Meu Imaculado Coração. A quem a aceita, prometer-lhe-ei a salvação e estas almas serão amadas de Deus, como flores colocadas por Mim para enfeitar o Seu Trono.
- Fico cá sozinha? Perguntei com pena.
- Não filha! E tu sofres muito! Não desanimes. Eu nunca te deixarei. O Meu Imaculado Coração será  teu refúgio e o caminho que te conduzirá até Deus.
Foi no momento e que disse estas palavras, que abriu as mãos e no comunicou, pela segunda vez, o reflexo dessa luz imensa. Nela nós víamos como que submergidos em Deus.
A Jacinta e o Francisco pareciam estarem na parte dessa luz que se elevava para o Céu, e eu, na que se espargia sobre a terra. À frente da lama da mão direita de Nossa Senhora estava um Coração cercado de espinhos que parecia esterem-Lhe cravados. Compreendemos que era o Imaculado Coração de Maria, ultrajado pelas pecados da humanidade que queria reparação.
Eis ao que nos referíamos quando dizíamos que Nossa Senhora nos tinha revelado um segredo em Junho. Nossa Senhora não nos mandou ainda desta vez guardar segredo, mas sentíamos que Deus a isso nos movia.

Aparições de Nossa Senhora de Fátima - Parte 5

1ª Aparição de Nossa Senhora - 13 de Maio de 1917
Lucia descreve com exatidão o primeiro encontro com a Virgem da Carrasqueira:
Andando a brincar com a Jacinta e o Francisco, no cimo da encosta da Cova da Iria a fazer uma peredezita em volta de uma moita, vimos de repente como que um relâmpago.
- É melhor irmos embora para casa. Disse a meus primos:
- Estão a fazer relâmpagos e pode vir trovoada.
E começamos a descer a encosta, tocando as ovelhas em direção à estrada. Ao chegar mais ou menos na encosta quase junto de uma azinheira grande que aí havia, vimos outro relâmpago e dado alguns passos mais adiante vimos sobre uma carrasqueira uma Senhora vestida toda de branco mais brilhante que o sol, espargindo luz mais clara e intensa que um copo de água cristalina atravessado pelos raios do sol mais ardente.
Paramos surpreendidos pela aparição. Estávamos tão perto que ficávamos dentro da luz que a cercava ou que Ela espargia, talvez a um metro e meio, mais ou menos.
Então Nossa Senhora disse-nos:
- Não temais medo, hei não vos faço mal.
- De onde é Vossemecê? Lhe perguntei.
- Sou do Céu!
- E que é que Vossemecê me quer?
- Vim para vos pedir que venhais aqui seis meses seguidos, no dia e a esta mesma hora, depois vos direi quem sou e o que quero. Depois voltarei aqui ainda uma sétima vez.
- E eu também vou para o Céu?
- Sim, vais!
- E a Jacinta?
- Também.
- E o Francisco?
- Também, mas tem que rezar muitos terços...
Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser enviar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido, e de súplica pela conversão dos pecadores?
- Sim queremos!
- Ides, pois, ter muito que sofrer, mas a graça de deus será o vosso conforto.
Foi ao pronunciar estas palavras (a graça de Deus, etc...) que abriu pela primeira vez as mãos, comunicando-nos uma luz tão intensa, como que reflexo que delas expedia, que penetrando-nos no peito e no mais íntimo da alma, fazia-nos ver a nós mesmos em Deus, que era essa luz; mais claramente que nos vemos no melhor dos espelhos.
Então por um impulso íntimo, também comunicado, caímos de joelhos e repetíamos intimamente: "Ó Santíssima Trindade, eu vos adoro, meu Deus, meu Deus, eu vos amo no Santíssimo Sacramento."
Passados os primeiros momentos, Nossa Senhora acrescentou:
- Rezem o terço todos os dias, para alcançar a paz do mundo e o fim da guerra.
Em seguida começou a elevar-se serenamente subindo em direção ao nascente até desaparecer na imensidade da distancia. A luz que a circundava ia como que abrindo um caminho no cerrado dos astros, motivo porque algumas vezes dissemos que vimos abrir=se o céu.

domingo, 11 de maio de 2014

Aparições de Nossa Senhora de Fátima - Parte 4

3ª Aparição do Anjo.
"A terceira aparição parece-me que deveu ser em Outubro ou fins de Setembro, porque já não íamos passas dar as horas da sesta a casa. Passamos da Prégueira (é um pequeno olival pertencente à meus pais) para a Lapa, dando a volta à encosta do monte pelo lado de Aljustel e Casa Velha.
Rezamos aí o terço e a oração que na primeira aparição o Anjo nos tinha ensinado. Estando, pois, aí, apareceu-nos pela terceira vez, trazendo na mão um cálice e sobre ele uma Hóstia, da qual caíam, dentro do cálice, algumas gotas de sangue. Deixando o cálice e a Hóstia suspenso no ar, prostrou-se em terra e repetiu três vezes a oração:
- Santíssima Trindade, Padre, Filho Espírito Santo, adoro-vos profundamente e ofereço-Vos o preciosíssimo Corpo, Sangue, Alma e Divindade de Jesus Cristo, presente em todos os sacrários da terra, em reparação dos ultrajes, sacrilégios e indiferenças com que Ele mesmo é ofendido. E pelos méritos infinitos do Seu Santíssimo Coração e do Coração Imaculado de Maria, peço-Vos a conversão dos pobres pecadores.
Depois, levantando-se, tomou de novo na mão o cálice e a Hóstia e deu-me a Hóstia a mim e o que continha o cálice deu-o a beber à Jacinta e ao Francisco, dizendo, ao mesmo tempo:
- Tomai e bebei o Corpo e o Sangue de Jesus Cristo horrivelmente ultrajado pelos homens ingratos. Reparai os seus crimes e consolai o vosso Deus.
De novo se prostrou em terra e repetiu conosco mais três vezes a mesma oração:
- Santíssima Trindade... etc
E desapareceu.
Levados pela força do sobrenatural que nos envolvia, imitávamos o Anjo em tudo, isto é, prostrando-nos como Ele e repetindo as orações que Ele dizia. A força da presença de Deus era tão intensa que nos absorvia e aniquilava quase por completo. Parecia privar-nos até do uso dos sentidos corporais por um grande espeço de tempo.
Nesses dias, fazíamos as ações materiais como que levados por esse mesmo ser sobrenatural que a isso nos impelia. A paz e felicidade que sentíamos era grande, mas só íntima, completamente concentrada a alma em Deus. O abatimento físico, que nos prostrava, também era grande."
E aqui temos, na simplicidade fiel da narradora e protagonista, contada uma das cenas mais portentosas de toda a história humana nas suas relações com o sobrenatural. Tanto as palavras proferidas como o cenário e todos os gestos, são densos de doutrina e de profundo significado que deixamos ao estudo dos entendimentos, com vista a conclusões e aplicações práticas.

Aparições de Nossa Senhora de Fátima - Parte 3

2ª Aparições do Anjo.
"A segunda deveu ser no pino de Verão (Junho) nesses dias de maior calor, em que íamos com os rebanhos para casa, no meio da manhã, para os tornar a abir só à tardinha. Fomos, pois passar as horas da sesta à sombra das árvores que cercavam o poço já várias vezes mencionado.
De repente, vimos o mesmo Anjo junto de nós.
- Que fazeis? Orai! Orai muito! Os corações de Jesus e Maria tê, sobre vós desígnios de misericórdia. Oferecei constantemente a Altíssimo orações e sacrifícios.
- Como nos havemos de sacrificar? - perguntei.
- De tudo que puderdes, oferecei um sacrifício em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido e de súplica pela conversão dos pecadores. Atraí, assim, sobre a vossa Pátria, a paz. EU SOU O ANJO DE PORTUGAL.
Sobretudo, aceitai e suportai com submissão o sofrimento que o Senhor vos enviar.
Estas palavras do Anjo gravaram-se em nosso espírito, como uma luz que nos fazia compreender quem era Deus, como nos amava e queria ser amado; o valor do sacrifício, e como o sacrifício Lhe era agradável, como por atenção ao sacrifício oferecido, convertia os pecadores.
Por isso, desde esse momento, começamos a oferecer ao Senhor tudo que nos mortificava, mas sem discorrermos a procurar outras mortificações ou penitencias, exceto a de passarmos horas seguidas prostrados por terra, repetindo a oração que o Anjo nos tinha ensinado.

sábado, 10 de maio de 2014

2ª Noite Novena - Maio/2014


Hoje dia 10/Maio/2014, as 19h, daremos continuidade a Novena em Honra a Nossa Senhora de Fátima.

Tema: Comunidade de Comunidades: uma nova Paróquia
Lema da 2ª Noite: Perspectivas Teológicas
Celebrante: Diácono Augusto Macarini

Liturgia: Dízimo
Animação: Grupo SCJ (Santas de Calças Jeans)

Aparições de Nossa Senhora de Fátima - Parte 2

Na primavera de 1916, três pastorzinho tinham levado o seu rebanho de ovelhas para o pasto perto da aldeia de Fátima. Foi como qualquer dia, como os outros na vida de Lúcia, com 9 anos, seu primo Francisco, 8 anos, e sua irmãzinha Jacinta, com 6 anos.
Transcrevemos em seguida as palavras exatas de Lúcia sobre as três aparições do Anjo, estando presente apenas ela e os seus dois priminhos, Francisco e Jacinta.

1ª Aparição do Anjo
Conta a Irmã Lúcia:
"As datas não posso precisá-las com certeza, porque, neste tempo, eu não sabia ainda contar os anos, nem os meses, nem mesmo os dias da semana. Parece-me, no entanto, que deveu ser na Primavera de 1916 que o Anjo nos apareceu a primeira vez na nossa Loca do Cabeço... subimos a encosta em procura de um abrigo e como foi, depois de aí merendar e rezar, que começamos a ver, a alguma distância, sobre as árvores que se estendiam em direção ao Nascente, uma luz mais branca que a neve, com a forma de um jovem, transparente, mais brilhante que um cristal atravessado pelos raios do Sol. À medida que se aproximava, íamos-lhe distinguindo as feições. Estávamos surpreendidos e meios absortos. Não dizíamos palavra.
Ao chegar junto de nós, disse:
- Não temais. Sou o Anjo da Paz. Orai comigo.
E ajoelhando em terra, curvou a fronte até ao chão. Levados por um movimento sobrenatural imitamo-lo e repetimos as palavras que lhe ouvimos pronunciar:
- Meus Deus, eu creio, adoro, espero e amo-Vos. Peço-Vos perdão para os que não creem, não adoram, não esperam e não Vos amam.
- Depois de repetir isto três vezes, ergueu-se e disse:
- Orai assim: Os Corações de Jesus e Maria estão atentos à voz das vossas súplicas.
E desapareceu.
A atmosfera do sobrenatural que nos envolveu era tão intensa, que quase não nos dávamos conta da própria existência, por um grande espaço de tempo, permanecendo na posição em que nos tinha deixado, repetindo sempre a mesma oração.
A presença de Deus sentia-se tão imensa e íntima que nem mesmo entre nós nos atrevíamos a falar."

Cada uma das palavras do Anjo e até das narrativas de Lúcia, mereciam longo e apropriado comentário e dariam lugar para a proveitosa meditação. Será feito em ocasião mais oportuna.

sexta-feira, 9 de maio de 2014

1ª Noite Novena - Maio/2014


Hoje dia 09/Maio/2014, as 20h, damos inicio a nossa Novena em Honra a Nossa Senhora de Fátima.

Tema: Comunidades de Comunidades: uma nova Paróquia
Tema da 1ª Noite: Perspectivas Bíblicas
Celebrante: Pe. Alexandre Longhi

Liturgia: Ministros Extraordinários da Comunhão
Animação: Grupo Armando

quinta-feira, 8 de maio de 2014

Aparições de Nossa Senhora de Fátima - Parte 1

Jesus Cristo veio trazer à terra a Mensagem, única e suficiente, que está contida no seu Evangelho e nos ensinamentos oficiais da Igreja.
Mas os homens são muitos esquecidos e distraídos e, pelo tempo fora, vão querendo pôr de lado alguns aspectos da Mensagem Divina. Então Deus digna-se relembrar tais aspectos menosprezados, mas em perigo de se adulterarem com os costumes e a mentalidade de cada época, ou até mais, contrariados pelo inimigo fundamental que é o demônio.
Umas vezes intervém Nosso Senhor em pessoa para dar a conhecer aos homens estas Mensagens a que podemos chamar de parciais, ou de repartição. É o caso das revelações do Sagrado Coração de Jesus a Santa Margarida Maria.
Outras vezes, mais frequentes, o Senhor deixa vir sua Mãe.


Mais raro e até talvez único na história da Igreja é ter Nossa Senhora mandado um Anjo à sua frente, para iniciar uma preparação que Ela depois quis continuar, e para dar aos acontecimentos de Fátima um preâmbulo, logo colocou os protagonistas num clima saturado de sobrenatural, e de onde se depreendem já as coordenadas daquilo que viria a constituir o âmago da Mensagem:
Deus ofendido; necessidade de reparação; mudança de vida.

quarta-feira, 19 de março de 2014

Reunião Liturgia - Março/2014


Na próxima Quinta-Feira, da 20 de Março de 2014, haverá a Reunião da Pastoral da Liturgia, as 20h, na casa Canônica.

Assuntos:
- IIIº Retiro das Comunidades.
- Semana Santa.
- Páscoa.
- Escala de Abril.
- Novena da Padroeira.

CONTAMOS COM A PRESENÇA DE UM REPRESENTANTE DE CADA PASTORAL/ MOVIMENTO/ SERVIÇO.

Admissão Grupo da Paz - Março/2014

No próximo Sábado, dia 22 de Março de 2014, as 20h, na Igreja Matriz (Nossa Senhora de Fátima), teremos em nossa paróquia a Santa Missa do Rito de Admissão de três novos Coroinhas, para servir ao altar do Senhor.

Candidatos:
- Davi Estes Pedroso.
- Murilo Esteves Pedroso.
- Thaigo Facio da Silveira.

Estes que ficaram durante o ano de 2013 em Formação, agora receberão a Benção do Sacerdote junto com toda a Comunidade e oficialmente estarão aptos a exercerem os ofícios do Altar.

CONTAMOS COM A PRESENÇA DE TODOS!